Deixe um comentário

40% do que comemos é milho


Monteiro Lobato criou um personagem inteligente e bom de matemática, ironicamente, o Visconde de Sabugosa possui imagem e semelhança de um milho.

No post anterior sobre a dominação do milho nos alimentos. Principalmente os alimentos processados. Fechamos o post com a seguinte pergunta, após provarmos que o milho está em quase tudo que comemos: “E nós? Também somos milho?”

É isso mesmo galera, 40% do que ingerimos é milho. Os ancestrais dos mexicanos se auto-intitulavam “homens do milho” dado sua dieta ser a base desta erva milagrosa por quase 9 mil anos.

De Coca-cola à Big Mac, ele está lá. 45 mil itens diferentes de um supermercado representam um engenhoso remanejamento de moléculas extraídas do milho.

Se somos o que comemos, 40% com certeza é milho. E o pior, milho processado.

Acha que é mentira ou exagero meu? Este estudo já foi feito. Os mesmos cientistas que reconstituem as dietas da Antiguidade a partir de vestígios de seres humanos mumificados podem fazer o mesmo comigo ou com você, usando uma mecha de cabelo ou mesmo um pedaço da sua unha encravada.

Parte disso ocorre porque o milho adota um procedimento ligeiramente diferente dos demais vegetais. Ele preserva a identidade dos átomos de carbono que recruta, mesmo depois de já transformado em Gatorade, nuggets, burgers, etc. Enquanto a maioria das plantas cria, durante a fotossíntese, compostos com três átomos de carbono, o milho produz com quatro. Por isso ele tem nickname botânico de C4.

Isso faz com que o vegetal seja uma planta econômica, dando-lhe vantagem, especialmente em áreas de pouca água no solo e altas temperaturas.

Não é de se admirar que, mesmo comendo o milho a 10 anos atrás, ainda há vestígios dele no meu corpo. Seria diferente em dizer, por exemplo, “povo da carne”, pois, mesmo comendo mais carne do que milho, os vestígios da carne são rapidamente absorvidos e eliminados pelo nosso corpo.

E tem mais: a carne que comemos provém de animais que possuem na sua alimentação, rações à base de milho.

Portanto, meu amigo, respondendo a pergunta já feita, isso é que nós somos: milho processado ambulante. Queira você ou não.

Anúncios

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: