Deixe um comentário

Projeto Além do Rótulo


A Embrapa Agroindústria de Alimentos (Rio de Janeiro-RJ) está com um projeto bacana, chamado Além do Rótulo. Consiste em levar a informação além da cadeia de produtiva, isto é, incluir o consumidor como o principal interessado nas políticas ligadas a alimentos e saúde, desenvolvidas pelas instituições públicas e privadas voltadas a produção, comercialização, pesquisa e desenvolvimento e legislação/regulamentação. Eu explico.

A maioria das pessoas não lê rótulos, se lê, não entende, e, se entende, tem dificuldades em incorporar a informação ao cotidiano.

Com base nesta premissa, a Embrapa fez um estudo baseado em 3 etapas.

O etapa piloto reuniu informações nutricionais sobre mais de 120 alimentos in natura (frutas, legumes e verduras) ressaltando aspectos como qualidade nutricional, dicas de compra, higienização, armazenamento, preparo e consumo. As informações foram levantadas por um grupo de nutricionistas ligadas à Universidade Federal do Rio de Janeiro que buscaram na literatura científica dados confiáveis. Outra preocupação era ter um leque de alimentos representativo do interesse dos consumidores de acordo com sua cultura e hábitos alimentares.

A etapa seguinte se deu na Embrapa Agroindústria de Alimentos, onde a equipe de comunicação focou a questão da linguagem acessível ao público leigo, a clareza e a objetividade do conteúdo. O objetivo era tornar a informação compreensível para o mais variado público em função de sua escolaridade, idade e faixa social.

Formatado o conteúdo, entraram em cena os especialistas da área de informática que, em parceria com a Embrapa Informática Agropecuária (Campinas-SP) e a Universidade Católica de Brasília, construíram uma estratégia de exposição do conteúdo a partir de ferramentas como a árvore do conhecimento. A ferramenta permite organizar o conteúdo em inúmeras caixinhas, formando um mosaico hierárquico de informações que podem ser consultado de acordo com o interesse do usuário.

Para garantir o maior acesso a informação, a equipe do projeto criou um totem para ser acessado em supermercados. Um protótipo foi testado em feiras e eventos e obteve grande receptividade do consumidor. No totem, o consumidor toca na tela para abrir a informação que lhe interessa.

Após várias reuniões e testes em alguns supermercados, chegaram a conclusão que a tendência é de que isso seja concretizado em breve em virtude de algumas demandas identificadas: o consumidor está ávido por informações sobre alimentos e saúde; os governos precisam reduzir despesas com saúde e garantir melhor qualidade de vida à população; a cadeia produtiva de alimentos, de antes da porteira até a mesa do consumidor, tem sido pressionada para produzir e ofertar alimentos de melhor qualidade, seguros e produzidos em sistemas sustentáveis.

Tomara que realmente dê certo.

Anúncios

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: